Câmara
Buscar no site:

Moradores revoltados com a Cemig


Em 28/08/2014 - Moradores revoltados com a Cemig

Confira uma síntese das reuniões ordinárias do Legislativo de Cabo Verde ocorridas nos dias 21 e 28 de agosto. Além de requerimentos ao Executivo, temas importante foram abordados em diversas áreas.

A insatisfação dos moradores com a prestação de serviços da Cemig no município foi o tema principal da reunião do dia 21 de agosto. O presidente Adriano Lange Dias (PPS) lembrou requerimento apresentado pelo colega Ademir Coutinho com relação à Cemig, manifestando seu desejo de também se dirigir à estatal. Alertou que, naquele momento, ficaria apenas no requerimento solicitando informações. Depois, caso até na semana que vem não tenha resultado de uma solicitação que já vem fazendo à Cemig, irá tomar as providencias cabíveis. Segundo ele, a prestação de serviços pela empresa está precária. Comentou que, pior ainda, é que a partir de janeiro o município terá que, obrigatoriamente, assumir a parte de iluminação pública. Relatou que há vinte ou vinte e cinco dias houve interrupção na energia elétrica na cidade e nos distritos. Embora tenha demorado um pouco para retornar o fornecimento, voltou ainda na madrugada. Contudo, várias localidades da zona rural do município ficaram três dias sem energia e outras ficaram até mais que 03 dias. No bairro Anizes, o fato gerou revolta da população que lá reside. Os vereadores o procuraram solicitando uma resposta da Cemig e uma justificativa, visto que esperavam que pelo menos a empresa cumprisse com sua obrigação dentro do prazo que possui para a retomada da energia elétrica e que não voltou. Os munícipes, principalmente os que residem na zona rural e possuem café no secador ou que dependem da energia elétrica para o trabalho, um leite que necessita ser resfriado, esperavam uma resposta da Cemig. O presidente solicitou o envio de ofício à Cemig pedindo informações acerca dos motivos da demora, visto que em princípio foi dito que não possuíam transformador. Contudo, dizer que não possuíam o transformador é uma vergonha para Cemig. Considerou um absurdo alegar à população necessitada que foram buscar um transformador em outro estado, pois não tinha no estado de Minas Gerais. O vereador comentou que a empresa possui um contrato com o cliente, com prazo estabelecido e limite para retomar o fornecimento de energia nos dias em que é interrompido.

SINALIZAÇÃO - vereador Rodrigo Martins Evangelista (PPS - “Rodrigo da Roçadeira – Pit Bul”) solicitou o envio de ofício ao Executivo pedindo a instalação de uma placa de “proibido estacionar” na Rua José Jaqueta (rua do Sindicatos dos Trabalhadores Rurais). Justificou que quando está acabando a aula, a Av. Oscar Ornelas é impedida e todos os carros descem pela referida rua, que é muito estreita e os carros que lá estacionam dificultam o tráfego de veículos, principalmente dos maiores. Com isso, sugeriu a colocação da placa. Requereu ainda a instalação de lixeiras na praça central do Distrito de Serra dos Lemes, visto que em visita à localidade recebeu várias solicitações dos munícipes que lá residem, uma vez que a população, por não ter onde descartar o lixo, acaba jogando na rua. O vereador ainda reiterou requerimento feito ao Executivo Municipal solicitando a instalação de um banheiro e um bebedouro de água no Parquinho Municipal.

CEMIG E COPASA FORAM MOTIVOS DE DEBATE

Já na reunião ocorrida no dia 28 de agosto, Adriano Lange voltou a comentar sobre a Cemig e esclareceu ação da Copasa no Distrito de São Bartolomeu de Minas. Outros temas também mobilizaram a reunião

EVENTO DO CAFÉ EM BH -E O vereador Ademir Antônio Coutinho (PSDB) deixou registrada sua insatisfação com a ausência de respostas aos requerimentos. Lembrou o caso da solicitação de cópia do projeto de licitação do poço artesiano do bairro da Cata (quanto aos recursos). Avisou que não mais irá tolerar mais uma ou duas semanas, visto que o último requerimento ainda não fez trinta dias. Ademir também comentou a respeito do evento Rede Internacional de Cafeicultura em Belo Horizonte, manifestando seu interesse em participar por dois dias da feira, visto que tais dias serão muito importantes para a cafeicultura de Cabo Verde, para o município e para a administração. Revelou a presença de um palestrante de Cabo Verde, o Sr. Adriano Muniz. Em conversa com o presidente do Sindicato dos Produtores de Café surgiu a possibilidade de participação de produtores do município.

PROJETOS ENCAMINHADOS - Na sequencia da reunião, o presidente Adriano Lange Dias (PPS) encaminhou às respectivas comissões os seguintes projetos:

- projeto de Lei nº 1984/2014 que “institui o Prêmio de Produtividade destinado aos servidores públicos municipais integrantes das equipes de Atenção Primária à Saúde”;

- projeto de Lei nº 1985/2014 que “majora Ad Referendum valor de repasse de contribuições destinadas à Emater/MG”;

- projeto de Lei nº 1986/2014 que “autoriza a majoração dos valores de repasse de contribuições”;

- projeto de Resolução de nº 004/2014 que “autoriza a baixa de bens incorporados ao patrimônio da Câmara Municipal de Cabo Verde”. O presidente solicitou aos colegas a análise, discussão, emissão de parecer e votação do referido projeto em reunião extraordinária no mesmo dia. O projeto foi aprovado por todos os vereadores.

NOMES DE RUAS – O Vereador Rodrigo Martins Evangelista (PPS – “Rodrigo da Roçadeira – Pit Bul”) solicitou o envio de ofício ao Executivo pedindo a instalação de placas com os nomes das ruas do município, visto que em muitas ruas não existe as referidas e em situações, como por exemplo, de transportadoras que vem fazer entrega na cidade, necessitam solicitar informações em razão da ausência de tais placas. Assim, solicitou o envio do requerimento para que se proceda à licitação e demais procedimentos necessários para a aquisição das placas. Solicitou ainda a instalação de um alambrado no parquinho do bairro Nova Cabo Verde, visto que foi construída uma cerca de arame provisória até a montagem do alambrado e encontra-se perigoso visto que as crianças estão arrebentando os arames e acabam por machucar. Por fim, mencionou que a Pracinha do Chapadão já esta na fase final.

SERRA DOS LEMES - O vereador Vanderlei Aparecido Braga (DEM – “Jacaré da Serra”) solicitou o envio de ofício ao Executivo reiterando seu requerimento com relação ao Parquinho do Distrito de Serra dos Lemes, visto que, até hoje não foi atendido. Ressaltou que por esta razão, as crianças do distrito estão ser lugar para lazer.

MELHORIA EM RUA - O vereador Pedro Paulo Pereira (PSDB - “Pedrinho da Ambulância”) transmitiu pedido para que a prefeitura providencie a limpeza e reparos na Rua Venâncio Domingos da Silva. Também solicitou a colocação de um caminhão de terras para melhorias no local, ressaltando que lá existe uma casa que é do patrimônio histórico.

CASO CEMIG - O presidente Adriano Lange Dias (PPS) lembrou que na semana anterior havia feito um requerimento com relação à Cemig e disse que falaria algumas coisas na tribuna esta semana. Mas como já recebeu a visita de um responsável e foi possível levá-lo em todos os lugares onde realmente queria que fosse visto para que pudessem oferecer uma resposta, irá aguardar, visto que quando tem algo negativo pra dizer irá dizer. Porém, quando tiver algo a agradecer também irá agradecer. Esclareceu que na oportunidade da visita do Sr. Machado foi muito claro com relação ao seu posicionamento e pode mostrar, in loco, todos os reparos necessários e que irá aguardar e irão fazer a parte cabível e depois verá o resultado.

COPASA EM SÃO BARTOLOMEU - O presidente Adriano aproveitou para prestar alguns esclarecimentos com relação ao mau cheiro no Distrito de São Bartolomeu de Minas e acredita que outros vereadores já tenham ouvido reclamações sobre isso, visto o mau cheiro terrível que se encontra no distrito, principalmente perto do campo de futebol. Esclareceu ser de conhecimento de todos que a rede de esgoto hoje é de responsabilidade da Copasa e sempre quando há algum questionamento orienta as pessoas a procurar a mesma. Contudo esta semana, juntamente com a Copasa em visita no Distrito, foi possível detectar que em vários lugares passam rede de esgoto a céu aberto. Tendo em vista que já vem batalhando, há certo tempo para que pudesse ser instalado água, luz e esgoto no final da Rua Paraná e regularizar a situação das pessoas que lá residem de forma irregular, esclarece que agora há um compromisso da atual administração para não incorrer no mesmo erro que as administrações passadas e com o início deste trabalho foi possível constatar as irregularidades em praticamente toda a rede de esgoto do Distrito e que não será possível solucionar de imediato. Mas já nos próximos dias a Copasa em parceria com a Prefeitura solucionará o problema, visto já haver iniciado os trabalhos o que possibilitou encontrar diversas situações curiosas que geraram até espanto nos funcionários da Copasa

REDUTORES - O vereador Vanderlei Aparecido Braga (DEM – “Jacaré da Serra”) reiterou seu requerimento para instalação de quebra molas nas ruas Sete de Setembro e Primeiro de Maio do Distrito de Serra dos Lemes, visto que a comunidade está cobrando e já faz mais de um ano o requerimento.

PROJETO APROVADO – Foi aprovado por unanimidade, projeto de Lei nº 1981 de 2014 que “suprime os incisos IV, VI e altera a redação do Inciso VII do parágrafo 2º do Artigo 6º da Lei Municipal nº 2.405 de 19 de abril de 2013 que dispõe sobre a criação do Conselho Municipal de Desenvolvimento Econômico e Social – CMDES”.

FONTE: A Folha Regional - Ed. 1209