Câmara A+  
A-  
A 
Buscar no site:

Noticias sobre a reunião de 10 de abril de 2014


Em 10/04/2014 - Noticias sobre a reunião de 10 de abril de 2014

Assuntos de interesse da comunidade de Cabo Verde em diversas áreas foram debatidos pelos vereadores durante a reunião do Legislativo no dia 10 de abril. Destaque para pré-projeto que visa o transporte universitário, criação de uma Associação Familiar e ofícios à Copasa.

REDUTORES E BEBEDOURO - Através de requerimentos ao Executivo, o vereador João Batista de Faria (PMDB – “Batistão”) solicitou: 1) instalação de redutores de velocidade na Rua Vereador Antônio Firmino de Carvalho. Justificou o pedido salientando que motoristas imprudentes descem a referida rua em alta velocidade, situação que pode ocasionar acidentes e vem preocupando os moradores próximos; 2) instalação de bebedouro na rodoviária para que as pessoas que lá trabalham e as inúmeras pessoas que por lá passam diariamente tenham água para beber.

ASSOCIAÇÃO FAMILIAR - O vereador Vanderlei Aparecido Braga (DEM - “Jacaré da Serra”) informou que aconteceu reunião do CMDRS - Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável, quando foram abordados vários temas. Na ocasião, revelada a ideia de formação de uma Associação Familiar para que os pequenos e outros possam produzir um café de qualidade. Com isso, buscando melhores preços para o produto. Segundo o vereador, reuniões estão ocorrendo para a formalização do projeto, já envolvendo dezessete associados. O projeto conta com a parceria do IFSULDEMINAS Câmpus Muzambinho.

Vanderlei ainda comentou pedido de moradores do bairro Capitães para a colocação de uma lixeira. Também relatou que foram encaminhados dois ofícios do CMDRS ao DEMATE a respeito de ponte nova e ponte no bairro São João. Os moradores pedem a colocação de faixa amarela como forma de sinalização no local.

Por fim, Vanderlei aproveitou para solicitar o envio de agradecimento à Copasa, diretamente ao profissional Chiquinho, que tem atendido o bairro Serra dos Lemes de forma muito satisfatória. Relatou que foi atendido pessoalmente em alguns pedidos, solucionando problemas na localidade.

CONSELHO DO IDOSO - O vereador João Batista de Faria (PMDB - “Batistão”) esteve representando o Poder Legislativo em reunião do Conselho Municipal do Idoso. Informou que no dia 23/04, nova reunião vai ocorrer para indicação dos membros do referido conselho. Para ele, a iniciativa é muito importante no sentido de oferecer segurança aos idosos. Batistão solicitou ao presidente a nomeação de outro vereador para também acompanhar os trabalhos, sendo que foi designado suplente o vereador Juscelino Tereza (PDT - “Celino Tereza”). Outro projeto é formar um conselho dos deficientes, sendo uma iniciativa voluntária.

VEÍCULOS MULTADOS - O vereador Leonardo Martins (PMDB - “Leonardo Chapadão”) relatou que na última semana esteve observando a prestação de contas da prefeitura. Chamou a sua atenção os valores pagos em multas de veículos do município. Em uma das pastas, conferiu 17 multas, sendo 08 por excesso de velocidade, 01 por sinal vermelho, 01 por falta de equipamento e 07 por descumprimento de rodízio em São Paulo. Das 8 multas por excesso de velocidade, 05 são da atual administração e 03 do governo anterior. Esclareceu que os valores das 05 multas da atual administração foram descontados dos devidos motoristas. Em outra pasta, citou empenho de despesa com “recolhimento de multas de infração à legislação de trânsito”, sendo 12 multas por transitar em local e horário não permitidos pelo veículo no estado de São Paulo. Por fim, solicitou o envio de requerimento ao Executivo pedindo que o Secretário de Transporte esteja atento a esta situação. Acredita que este tipo de despesa pode ser evitada.

TRANSPORTE UNIVERSITÁRIO - O vereador Ademir Antônio Coutinho (PSDB) comentou sobre pré-projeto encaminhado. Contou que há cerca de três semanas, durante idas e vindas de Poços de Caldas, em conversa com estudantes de faculdade, verificou veículos de outros municípios adquiridos com recursos do FNDE – Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação, transportando alunos para cursos superior e técnicos para outras localidades. Assim, surgiu questionamento sobre a legalidade do transporte dos alunos, pois até então tinha conhecimento de que a prática não era permitida. Mediante estudos e pesquisas, chegou à conclusão de que os municípios de Ipuiúna e Caldas já contam com regulamentação municipal, baseada numa lei federal de julho do ano passado quando o governo federal autorizou a utilização dos veículos. Um dos principais critérios é que não comprometa a finalidade específica dos veículos dentro do município. E também que o gasto com o transporte universitário não venha a integrar os 25% exigidos na área da educação. Ou seja, o veículo adquirido com recurso da prefeitura através de convênio com o FNDE pode ser utilizado, mas obedecendo principalmente as duas condições citadas. O vereador argumenta que o serviço poderia ter sido disponibilizado há mais tempo em Cabo Verde, enquanto que os alunos pagam valores consideráveis e se sacrificam para frequentar um curso universitário. Portanto, surgiu a ideia de ingressar com um pré-projeto em co-autoria com os demais vereadores. Mesmo reconhecendo a necessidade de um período de adequação, acredita que será uma boa oportunidade para o município buscar uma organização para uma situação futura de atendimento aos estudantes.

LIXEIRAS NOS BAIRROS - O vereador Pedro Paulo Pereira (PSDB - “Pedrinho da Ambulância”) valorizou a providência tomada pelo Executivo de retirar as lixeiras para uma devida reforma. Porém, solicitou que o prefeito estude a possibilidade de colocação de lixeiras também nos bairros São Bartolomeu de Minas, Serra dos Lemes, Chapadão e Av. Nossa Senhora da Assunção, principalmente perto dos estabelecimentos comerciais.

PEDIDO À COPASA - O presidente Adriano Lange Dias (PPS) solicitou que a Copasa verifique a situação da rede de esgoto no Distrito de São Bartolomeu de Minas, principalmente nas proximidades do campo de futebol. No local, existe a possibilidade da rede estar danificada devido ao mau cheiro que gera transtornos aos moradores. Alertou que atualmente a Copasa é totalmente responsável pela rede de esgoto no município.

FONTE: A Folha Regional - Ed. 1189